Certa vez ao final do louvor me aproximei da mesa de som e ouvi um operador dizer a seguinte frase: “hoje o louvor foi uma benção, eu consegui fazer o som funcionar perfeitamente”. Percebi que seu parâmetro para dizer se o louvor foi bom ou não era a funcionalidade do som. E você? Quais são seus parâmetros para analisar o período de adoração com cânticos em sua igreja? Pessoas possuem diversas motivações diferentes para área de louvor. E você o que espera do louvor, o que você espera que aconteça quando você vai á frente para tocar ou liderar o louvor? Vamos meditar um pouco sobre isto.

1 – Sobre estar vazio ou cheio de Deus

Eu me lembro de um momento vivido onde eu possuía uma presença muito forte de Deus em meu coração. Onde chegávamos conseguíamos ter um louvor que fluía livremente rasgando os céus enchendo os corações, enchendo o céu, enchendo o lugar e tudo mais. Era bom ministrar, pois eu sabia exatamente o caminho da adoração, eu tinha estado lá várias vezes. Qualquer canção fluía bem, em poucos acordes a canção da estava enchendo o lugar, em pouco tempo o Espirito Santo tomava para si o ambiente e realizava suas obras.

Fases assim deveriam ser constantes em nossa vida, mas nem sempre são.  Esse momento foi sucedido por uma época de vazio espiritual e afastamento íntimo de Deus devido muitas escolhas e decisões erradas que eu vinha tomando em minha vida e pelo simples fato de ter me acomodado e não estar mais buscando a Deus com frequência e amor. Percebi que eu havia perdido a presença intima de Deus em meu coração, estava frio e vazio. Quando eu chegava frente á igreja eu sentia vergonha, pois não sabia mais o caminho. Eu tentava me enganar. Tentava usar algumas canções de efeito, tentava usar algumas daquelas frases prontas que a igreja gosta de ouvir: “Deus está nesse lugar amém!” etc. O coração não fluía, o céu não abria, era vazio, sem paixão, sem fogo. Eu já terminava o louvor triste, pois não via presença de Deus em mais nada do que eu fazia. Foi uma das épocas mais duras e tristes em minha vida ministerial.

Digo a você meu amado: se há um fogo em teu coração, se existe dentro de você algo clamando por mais de Deus, se Deus fluir através de você então cuide disso, pois eu não tenho medo em lhe dizer que esse é o maior tesouro que você jamais terá em sua vida. Eu imaginava que nunca mais seria cheio de Deus e que o fogo nunca mais arderia em mim.

Foi uma fase muito ruim onde tive que abandonar o altar por algum tempo e rever meus caminhos. Cristo tratou minha alma, o Santo Espírito me cuidou e hoje tenho novamente esse fogo ardendo em meu coração. Eu jamais quero voltar a ser aquele “líder de louvor” vazio que estive um dia.

Tem estado assim sua vida e seu ministério? Não há mais paixão em teu coração? Mencionar o nome de Cristo e a Santidade Dele não lhe causa mais temor e não arranca lagrimas em teus olhos? Hoje você precisará se arrepender de ter chegamos à um lugar tão frio e apagado em sua vida espiritual.

Eu gostaria agora de deixar algumas palavras básicas para você que precisa realinhar seu ministério começando por sua vida. Se você não estiver conectado com Deus seu ministério de adoração jamais será uma benção.

Antes de tudo você precisa compreender que Deus pode fazê-lo uma pessoa cheia Dele que flui em meio ao louvor para a Glória Dele. Acompanhe o versículo:

E, quanto aos anjos, diz: Faz dos seus anjos espíritos, E de seus ministros labareda de fogo.

(Hebreus 1:7)

1 – Ore agora!

Antes de continuar esta leitura ore pedindo ao Espirito de Deus para conduzir você num breve tempo de oração tratando seu coração. Prossiga analisando seu coração e deixando o Espirito sinalizar seus pecados. Peça perdão pelos seus pecados que ele sinalizar em teu coração. Confesse tudo que ele lhe trouxer a mente e peço perdão por qualquer coisa que estiver pesando seu coração. Ao fim desta oração anote tudo que você precisa corrigir em sua vida, escreva os males que precisa abandonar já, e, reorganize seu dia tempo mais tempo para estar conectado com Deus. É importante lembrar que se você não corrigir toda sua vida diante de Deus você continuará vazio, sem fogo, e você nunca poderá fluir novamente no Espírito de Deus.

Examine-se, pois, o homem a si mesmo, e assim coma deste pão e beba deste cálice.

I Corintios 11:28

 

Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração; prova-me, e conhece os meus pensamentos.

Salmos 139:23

2 – Volte a se alimentar da palavra

É impressionante perceber no dia-a-dia a quantidade de ministros de louvor e levitas que tem pouca fluência na palavra de Deus. Você percebe num ministro de adoração que ele tem uma vida bíblica e está constantemente imerso na palavra quando as escrituras sagradas fluem naturalmente em seus lábios. Na verdade quando estamos cheios da palavra de Deus não conseguimos ministrar adoração sem falar os princípios bíblicos, ela flui normalmente de nossos lábios. Não estou falando que o líder de louvor tem que pregar e falar antes e depois de cada louvor… isso é outra coisa. Estou falando que a bíblia flui de nós naturalmente. Você só atingirá um nível mais elevado de adoração quando as escrituras estiverem na tua mente e coração.

“A escritura só estará em seus lábios se ela estiver em seu coração”.

É nisso que muitos ministros pecam. Não tem vida bíblica. Aliás, se a adoração não está fluindo como deveria é porque seus corações podem estar duros, e se seu coração está duro e insensível claramente você deve estar afastado da palavra de Deus. Sim eu sei… você trabalha, estuda, cuida de filhos, arruma casa, tem tirar um tempo para olhar o facebook e tudo mais. Eu compreendo que você tem muitas atividades. Por isso você perdeu seu foco e está vazio e distante da bíblia. Mas hoje você precisa tomar uma postura e tornar novamente para estruturar sua vida na palavra de Deus, sua vida devocional, seu tempo de estudo pessoal. Como podes ser um sacerdote estando distante da palavra de Deus? Sugiro que retome hoje sua leitura bíblica devocional. Não estou falando de tirar cinco minutos para ler um trecho. Você até pode fazer isso (é bom que faça mesmo!!) entre um minuto e outro no trabalho e faculdade. Mas estou me referindo a você tirar um tempo de qualidade para se debruçar sobre a palavra de Deus e esse entregar a ela. Talvez você tenha que reorganizar sua disciplina e reorganizar suas tarefas do dia a dia, mas aqui está algo fundamental: se queres ser uma brasa viva nas mãos de Deus você jamais será isso se não for alguém com o coração voltado para a escritura sagrada.

Vamos pensar em alguns trechos bíblicos que nos falam da palavra:

Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama

será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele.

João 14:21

 

Esse trecho basicamente nos diz que se amamos a Deus guardamos seus mandamentos. Quantas vezes e nossas canções dizemos : Te amo Deus! Segundo a palavra somente que guarda os mandamentos é que verdadeiramente ama a Deus. Se cantamos que amamos a Deus porem não temos uma vida de afinidade com a palavra nosso cântico se tornou pura mentira.

“Salmo 110:105 – Lâmpada para os meus pés é tua palavra, e luz para o meu caminho”.

Para que você como ministro de louvor flua abundantemente você deverá ser guiado pela palavra, pois ela é a bússola que leva ao trono do Pai.  A palavra de Deus é a orientação para sua vida pessoal e ministerial. Ela levará você a fluir e ela será a lâmpada que te iluminará e te ajudará a conduzir o povo em adoração…

Em um ministro de louvor que não tem intimidade com a bíblia as únicas palavras que poderão sair de seus lábios serão: “Levante sua mãos”, “Aplauda ao Senhor”, “vamos dar um brado de vitóriaaaa” e outras frases de efeito (você pode completar a lista). Porem na vida de um ministro entregue á palavra de Deus rios fluirão de seus lábios.

 

3 – De joelhos dobrados o crente voa melhor

Vivemos em um tempo onde tudo precisa ser muito pratico, as coisas precisam ficar prontas em pouco tempo. Cultura Fast Food. E um dos elementos da vida espiritual que mais sofre com isso é a oração. Pois oração requer tempo e entrega, sem pressa. O interessante é que no português dentro da palavra adoração está a palavra oração, e isso está correto. A oração tem que compor sua vida de adoração. Você nunca será um excelente levita e ministro de louvor sem uma vida de oração. Se você tivesse que classificar sua vida oração agora que nota daria a si mesmo?

A oração é uma das práticas que colocará fogo em seus lábios e direção no seu caminhar. Não há mover ou avivamento que não comece pela oração, e se começar sem oração logo se apagará. Acreditou que ser ministro de louvor era possível somente com habilidade musical? Jamais. Lhe informo hoje que para ser um ministro ungido terá que desenvolver com ímpeto a habilidade da oração. Se não quiser trilhar o caminho da oração, não há como continuar esta vereda. Eu sei que você ora para almoçar e sei que você ora antes do culto começar, mas estou falando duma dimensão completamente deferente.

Pela manhã ouvirás a minha voz, ó SENHOR; pela manhã apresentarei a ti a minha oração, e vigiarei.

Salmos 5:3

4 – Busque novamente o caminho do coração de Deus e o caminho da Adoração.

Você não será um bom líder de louvor se não souber o caminho por onde levar as pessoas. Se hoje eu chegar ao Rio Janeiro para rever minha família e tiver que levar algumas pessoas de carro para a Tijuca eu poderei cometer erros, pois não lembro mais o caminho para chegar lá. Fiz muito esse caminho na adolescência, mas não hoje. Você não poderá levar ninguém a um lugar que você não conhece. Você deixa de ser um bom ministro de louvor quando não sabe mais o caminho do coração de Deus. Se você perdeu será necessário refazer esse caminho até sentir confiança outra vez. Não tente levar as pessoas onde você não sabe mais ir!

 

Faze-me saber os teus caminhos, SENHOR; ensina-me as tuas veredas.

Salmos 25:4

Se você realmente quer que sua ministração e seu louvor sejam diferenciados você precisa praticar sozinho o caminho da adoração e do coração de Deus. Isso não ocorrerá da noite para o dia. Comece incluindo cada vez mais momentos de devocional prolongado na palavra prosseguido de oração.

Comece também a pegar seu instrumento todos os dias para ter esse tempo de oração cantada  a Deus. Mantenha a prática de pegar seu instrumento todos os dias e dedicar tempo com Deus. Para liderar um povo a adoração você precisará ter estado lá muitas vezes para saber ser alguém intimo desde caminho. O ministro de adoração precisa estar 50 anos luz na frente do povo. Seus verdadeiros e mais significantes momentos de adoração deverão ocorrer na intimidade dentro de seu quarto, portas fechadas, só você e o Pai. Sabe por que Deus as vezes não aparece muito em seus momentos de louvor? Por que eles só acontecem domingo a noite.

 

Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente.

Mateus 6:6

Sua ministração começa no quarto, continua no púlpito e depois termina no quarto novamente. Você precisa percorrer o caminho da adoração! Pare de tentar levar o povo ao lugar onde você nunca foi!

Deus te abençoe!

 

Pr. Igor Vale